Leon Tolstói,Espírito

A médium Yvonne A. Pereira é bastante conhecida pelos excelentes trabalhos que psicografou.Grandes escritores manifestaram-se através de sua psicografia.

O que caracteriza o trabalho desta médium é a leitura agradável,a história bem escrita,a originalidade do enredo,o caráter filosófico-moral,a fidelidade doutrinária.

“Memórias de Um Suicida”,talvez seja a mais famosa obra psicografada por Yvonne,romance em que o Espírito de um grande escritor da língua portuguesa nos relata tudo quanto lhe sucedeu como resultado de seu tresloucado suicídio.Entretanto,esta é apenas uma das obras de acentuado destaque recebidas por seu talento mediúnico.

Leon Tolstói,um dos mais ilustres escritores russos de todos os tempos,também ditou um trabalho a Yvonne,com o título de “Ressurreição e Vida”,com histórias das mais emocionantes cuja mensagem nos transmite a inabalável convicção da eternidade da vida.

Conforme o próprio autor espiritual esclarece na Apresentação de “Ressurreição e Vida”,“são páginas extraídas de um sincero desejo de ser útil,o testemunho da minha solidariedade aos homens,meus irmãos perante Deus.Que eles saibam que no dia em que o túmulo se fechar sobre o corpo inerte de um homem,raiará,para sua Alma,nova era de um destino imortal.”

Yvonne narrou,na Introdução deste trabalho as curiosas circunstâncias ocorridas na escolha de sua intermediação psicográfica pelo próprio Espírito Leon Tolstói.A médium aí confessa que jamais poderia supor que tal entidade pudesse vir até ela para ditar um trabalho literário,mesmo porque nada pedira para tal,jamais lera antes um livro deste autor,como nem mesmo se detivera,antes,a pensar em Leon Tolstói.

Conforme Yvonne,para sua grande surpresa,em junho de 1961,durante seu sono noturno,notou que uma entidade amiga viera buscá-la para um passeio.Tratando-a com polidez principesca e comovedora afetividade,o grande “apóstolo russo” externou o desejo de escrever algo ao mundo terreno por seu intermédio.

Yvonne,então,não só se admirou,como foi tomada por um vago temor diante das dificuldades do feito,principalmente por Leon Tolstói desejar o trabalho abordando regionalismo russo.

A médium protestou por ser o regionalismo difícil,mesmo para o feito mediúnico.

Entretanto,a entidade docemente acalmou-a,assegurando-lhe que,no seu caso,não haveria qualquer dificuldade por ter tido Yvonne uma existência na Rússia.Diante de tal argumento,respondeu-lhe ela:“Se for vontade de Deus,meu irmão,então estarei às vossas ordens,com todo o meu coração,pronta às disciplinas necessárias e a qualquer sacrifício”.

Leon Tolstói então levou-a para uma excursão à Rússia de seu tempo.E Yvonne viu-se vagando a seu lado pelas ruas da Moscou imperial,por São Petersburgo e por várias outras cidades,por aldeias e lugarejos.

Mostrou-lhe,ainda,o poético Outono russo,um panorama belíssimo,com um nostálgico pôr-de-sol e um céu cinzento-azulado,com reflexos róseos;as folhas se desprendendo das árvores e rodopiando no ar.Tão forte foi a sugestão recebida por Yvonne,ou a “recordação” extraída de seu subconsciente,que ela chegava a ouvir o rumor do vento e das folhas que se despegavam dos galhos para tapetarem o chão…

E a entidade mostrou-lhe,também,o Inverno com uma sucessão de planícies geladas,tempestades de neve e granizo;e as habitações,ruas,estradas,jardins e parques cobertos de neve.Caminhavam,e tão real era a sensação de Yvonne,que ouvia ela os passos de seu acompanhante rumorejando sobre a neve que rangia sob seus pés!

A partir de então,seguiu-se um doce e afetuoso convívio entre os Espíritos Yvonne e Leon Tolstói.

Seis meses após o primeiro encontro,sem que Yvonne se julgasse ainda preparada para a missão,apresentou-se-lhe subitamente Leon Tolstói e ditou-lhe psicograficamente de uma só arrancada,um dos contos constantes do livro “Ressurreição e Vida”.E,após,foram ditados os outros belos contos desta obra que Yvonne classificou como sendo a mais fácil que lhe foi dado captar do Além-Túmulo.

E Yvonne encerra as sugestivas palavras de sua Introdução a este tocante trabalho literário de Leon Tolstói,com os desejos de que ele reconforte os corações sedentos de Esperança,para satisfação da nobre Alma do apóstolo que amorosamente lha concedeu.Desejos estes plenamente realizados,como o podem testemunhar todos aqueles que tiveram a felicidade de conviver com Leon Tolstói em “Ressurreição e Vida”.

 

 

 

                              – : –

 

 

 

>>>Pensamentos de Leon Tolstói,Espírito

 

 

 

“Que se estanquem as lágrimas de saudade à beira das sepulturas;que serene o desespero no coração das mães diante do esquife de um filho que não mais sorri;que se levante a fronte do ancião,cujo desânimo só tem a morte por finalidade.Para além do túmulo existe,é real,é infinitamente mais intensa e positiva,a vida com que o Criador nos dotou,vida que nos cenários terrenos tão curta e tão angustiosa nos parece!O ser humano sobrevive em Espírito,em Inteligência e Vontade,após a corrupção da morte,que nada mais é que a transição de um estado anormal – o de encarnação – para o estado normal e verdadeiro – o espiritual!”

 

 

 

                              -:-

 

 

 

“Nenhum de nós será tão pobre que não possa favorecer próximo com algo que possua para distribuir:o pão,o lume,o bom conselho,a adversidade solidária,a assistência moral no infortúnio,o ensinamento do Bem,a lição ao ignorante,a visita ao triste,o trabalho ao necessitado de ganhar o próprio sustento honrosamente,a proteção ao órfão,o seu próprio coração de amigo e irmão em Cristo,a prece rogando aos céus bençãos que aclarem os caminhos dos peregrinos da vida,o perdão àqueles que nos ferem e nos querem mal…”

 

 

 

                             -:-

 

 

 

“E encontrei,então,dentro de mim próprio,aquele Reino de Deus que Jesus anunciara…Encontrei-o na paz do dever cumprido,que me embalava o coração…”

 

 

 

                              -:-

 

 

 

“E se tu,meu amigo,desejas encontrar aquele Reino de Deus de que o Unigênito dos Céus nos dá notícias,ama os desgraçados!Cada lágrima que enxugares em seus olhos,cada conselho bom que dispensares ao pobre desarvorado da vida,é mais um passo que darás em direção a esse Reino que,finalmente,encontrarás dentro de teu coração mesmo,assim aprendendo o cumprimento da Suprema Lei: – “Amar a Deus sobre todas as coisas e ao próximo como a ti mesmo…”

 

 

 

                             -:-

 

 

 

“Estas observações pareceu-me tão justa e lógica que respirei tranquilizado de algumas apreensões que nos últimos tempos de minha vida tanto me afligiram.Encontrei-me,pois,no Além,tal como fui na Terra e como eu mesmo me fizera;reanimado,todavia,pela vantagem de concluir que minha consciência,se não se aprovava plenamente,também não se acusava irremissivelmente,antes rejubilava-se com a certeza de que muita razão tivera em se agitar diante de aspectos precários apresentados pelo mundo.”

 

 

 

                                -:-

 

 

 

“E desejei,como Espírito,investigar a solução de muitos problemas graves que atormentam a Humanidade,em todos os tempos.Eu sempre me afligira pelos sofrimentos do homem.Quisera repará-los ou arredá-los,sem que tal pretensão me tivesse sido possível uma só vez,verdadeiramente alheio,como me encontrava,ao conhecimento de certos detalhes das equitativas Leis de Deus.Quantas vezes lamentei,sozinho e incompreendido,não sentir em minhas forças valores bastante acentuados para me transformar em reformador do mundo,tornando-me restaurador dos ensinamentos,já há muitos esquecidos,do Redentor dos homens!”

 

 

 

                             -:- 

 

 

 

“Há segredos do Além-Túmulo que será preferível ao homem ignorar,por enquanto.”

 

 

 

                               -:-

 

 

 

“Compreendi,estarrecido,que o plano da Vida Imortal era bem mais vasto do que eu imaginara e que me cumpriria um aprendizado minucioso das leis regedoras do Universo,para que chegasse a compreender o porquê de tantas anormalidades chocantes,existentes na Terra como no Além.”

 

 

 

                                 -:-

 

 

 

“Inconsolável,porém,ao verificar,depois que as águas do Volga não foram capazes de proteger o meu crime,dando-me o aniquilamento desejado;alucinado ante a intensidade dos desesperos e dos opróbrios que deparei aquém do túmulo,através do suicídio.Desapontado frente à decepção de compreender que não lograra encontrar senão o fundo das águas,em vez do esquecimento tão esperado,pois ali permaneci durante muito tempo,atado ao corpo que se consumia devorado pelos peixes.Enraivecido ante ludíbrio que me atingira com o suicídio.Desamparado pela esperança e pela fé em minhas próprias possibilidades…”

 

 

 

                                   -:-

 

 

 

“Sim,sou feliz,porque resignado à minha condição de cego e materialmente enfermo,mas certo de que possuo uma Alma imortal criada à imagem e semelhança de Deus,a qual progride e se eleva no carreiro da Eternidade,para a glória de uma felicidade imprevisível;e que esta Alma,ao decesso desse corpo,que sinto apodrecer enquanto o habito,estará linda e aclarada pela experiência educadora,louca e sorridente,entoando hosanas a Deus por esta bendita expiação,que me está redimindo através de angústias,inconcebíveis para quem não conhece esta verdade eterna!”

 

 

 

                                  -:-

 

 

 

“Que importa sejas paralítico?!Porventura o amor observa tais conveniências?Amo-te por tua Alma,por tua doença até,porque me compadeço de tua desventura.O Apóstolo Paulo,não disse que o amor era compassivo?Pois isso é verdade.Se eu não te amar,quem te amará assim?E tu precisas de amor,meu querido,para encontrares os caminhos que levam a Deus.”

 

 

[Texto extraído do livro:”A Vida Numa Colônia Espiritual”,João Duarte de Castro]

 


 

 

 

fcd73a8cd0c7177ff1026f569c1be6c8

 

 


 

Complementos:

 

 

https://www.ebiografia.com/leon_tolstoi/

 

http://www.febeditora.com.br/departamentos/ressurreicao-e-vida/#.WGcD81UrK00

 

http://baixarebook.com/2016/08/05/ressurreicao-leon-tolstoi/ 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s