DEPRESSÃO INFANTIL:Compreenda o que é e saiba como ajudar

Atualmente tornou-se comum vermos inúmeras notícias sobre depressão,a qual já é considerada o mal do século.Mas,e a depressão infantil(DI)?Pouco se ouve falar ou é noticiada pela mídia.Mas,segundo estudiosos,acredita-se que a incidência da doença acometa mundialmente de 1 a 2 % das crianças com até 5 anos,e aumenta progressivamente de acordo com a faixa etária,chegando aos 5% entre os pré-adolescentes e adolescentes de 9 a 14 anos de idade.

É importante ressaltar,que se não for propriamente diagnosticada e tratada,a depressão pode desencadear dificuldades escolares e sérios prejuízos no desenvolvimento emocional,familiar e social da criança.

 

 

O que é a depressão infantil?Quais são os sintomas?

 

De acordo com os manuais de psiquiatria,o que causa a depressão são as modificações químicas que ocorrem no cérebro,principalmente com relação aos neurotransmissores : serotonina,noradrenalina e dopamina,que são os responsáveis pelo nosso bem estar.

A diminuição dessas substâncias,que participam da comunicação entre os neurônios,pode ser causada por fatores genéticos,psicológicos e/ou sociais.Nesse sentido,tanto a depressão em adulto,como em crianças,é considerada uma doença e,dependendo da gravidade,precisará de medicamentos(que são prescritos por psiquiatras),para que restabeleça o reequilíbrio neuroquímico,visando o bem estar psicológico e,consequentemente o físico.

 

Mas,ainda assim é relevante enfatizarmos que a criança,assim como nós,também tem os seus momentos de tristeza,de crises de mau humor,antipatia e dias em que não queira brincar ou ficar sozinha,comer pouco ou exagerar e conversar pouco.

 

“O TRATAMENTO NECESSÁRIO ASSOCIADO À TERAPIA,APOIO FAMILIAR E DA ESCOLA,TERÃO TODAS AS CONDIÇÕES NECESSÁRIAS DE SE TORNAREM ADULTOS,SEGUROS DE SI”.

 

Diagnosticando a depressão em crianças

 

Quando observar que a criança demonstrou os comportamentos abaixo por mais de um mês,de forma intensa e que sua vida está sendo afetada por isso,é hora de procurar ajuda.Estes são os sintomas mais comuns da depressão infantil:

 

⬛ Tristeza em vários momentos da rotina diária;

⬛ Perda ou diminuição da alegria que sentia outrora em atividades; 

⬛ Redução da energia ou sempre reclama de cansaço;

⬛ Desinteresse por brincar com os amigos;

Preferência pelo isolamento;

Crises constantes de choro ou até mesmo agressividade;

⬛ Diminuição ou recusa em alimentar-se;

⬛ Excesso de sono ou insônia;

Perda de peso;

⬛ Diminuição da atenção e memória.

 

 

 

depressao_crianca2_5811112116375

 

 

 

 

Evidentemente que,deve-se conversar com a criança para saber os motivos da mudança brusca de comportamento e após a conversa,levá-la para ser avaliada por um psicólogo.Sendo que,se confirmada a hipótese de depressão,a criança será encaminhada para um médico psiquiatra para que,juntamente com a sua equipe,possa dar o diagnóstico.

A partir de 1 ano,já possível também observar sintomas de depressão infantil.O bebê depressivo tem choros constantes,sem motivos relacionados à saúde física.Quanto mais precoce for o diagnóstico,maiores serão as condições para reverter o processo.

 

As causas comuns da depressão infantil

 

Assim como nós adultos,a D.I. também pode ser hereditária ou genética,ou seja,se um dos pais ou familiares,tiverem apresentado depressão em algum momento de suas vidas,a probabilidade de a criança desenvolver algum transtorno mental aumenta em até 5 vezes.

 

Conforme explica o psiquiatra infantil Gustavo Teixeira,há dois fatores importantes para o desenvolvimento de depressão em crianças : uma predisposição genética e um ambiente “tóxico”,que funciona como um gatilho.

E,independente da genética,estes são os fatores comuns que contribuem ou favorecem a D.I.:

 

 

⬛ Separação ou perda dos pais;

⬛ Morte dos avós,pessoas queridas ou animais de estimação;

⬛ Lar conturbado por brigas e estresse;

Bulliyng;

Mudança de escola e de domicílio;

⬛ Situações novas e desgastantes;

⬛ Situações que mexam com seu estado emocional,etc.

⬛ Por isso,esteja sempre atento,principalmente quando já há casos de depressão na família ou houve separação dos pais.

 

Buscando ajuda

 

Se estiver percebendo a maioria ou todos os sintomas característicos de depressão em seu filho,procure um psicólogo ou psiquiatra,para sanar as suas dúvidas.

É certo que,as crianças que tiverem um tratamento necessário associado à terapia,apoio familiar e da escola,terão todas as condições necessárias de se tornarem adultos,seguros de si,de serem excelentes profissionais,formarem uma família e de serem muito felizes.

 

 

Texto:Rachel Matos & Giselle Aoki


 

 

 

depresso-infantil-2014-18-638

 

 



 

 

Texto extraído do site:

http://www.ipc.digital/depressao-infantil-compreenda-o-que-e-e-saiba-como-ajudar/

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s