Livro sugere técnicas para transformar sofrimento em felicidade

Baseado na ideia de que o sofrimento e a felicidade são orgânicos por natureza,o mestre Zen e ativista da paz Thich Nhat Hanh propõe técnicas para transformar o sofrimento no livro “Sem Lama Não Há Lótus”,lançado pela editora Vozes.

O vietnamita que vive no exílio desde 1966 em uma comunidade de meditação França,reúne no livro diversos argumentos para mostrar que “a arte da felicidade também é,ao mesmo tempo,a arte de sofrer de forma adequada”.

Para falar sobre a organicidade destes sentimentos o autor usa a figura de uma flor.Esta,quando murcha se transforma em adubo que por sua vez pode ajudar na germinação da flor.Assim é com a felicidade e o sofrimento,que,segundo Hanh podem se transformar ciclicamente.

Entre as ideias apresentadas o líder zen aponta a importância de admitir e acolher o sofrimento e descreve maneiras de como aliviá-lo.Ele lista também cinco práticas para nutrir a felicidade e destaca que a felicidade não é uma questão individual.

Na segunda parte do livro,Hanh lista oito práticas para ser feliz.Ele reúne 16 exercícios de respiração,cinco de treinamentos para uma consciência plena,indica mantras e a prática do relaxamento profundo como forma de reconhecer e de aliviar o sofrimento mental e o alojado no corpo.

Um dos monges zen-budistas mais conhecidos do mundo Thich Nhat Hanh é autor de diversos livros como “Transformações na Consciência”,”Felicidade”,”A Arte de Amar”,”A Arte de Comer”,”A Arte de Sentar” e “Silêncio”,entre outros.

[_Texto extraído do site:www1.folha.uol.com.br]

tumblrintelectoslide_5

“O sofrimento e a felicidade são orgânicos por natureza,e isso significa que ambos são transitórios,estão sempre mudando.A flor quando murcha se transforma em adubo.O adubo pode ajudar mais uma vez na germinação da flor.A felicidade também é orgânica e impermanente por natureza. Ela pode se transformar em sofrimento e os sofrimento pode se transformar em felicidade novamente.Se você for capaz de reconhecer e aceitar sua dor,sem fugir dela,descobrirá que embora a dor esteja presente,a alegria também pode estar ali ao mesmo tempo.”           

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s